Publicidade
Publicidade
Fortaleza pode ser punido com multa e suspensão de jogador pelo STJD

O Fortaleza é alvo de três denúncias por parte da Quarta Comissão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O julgamento envolve episódios nos jogos contra Fluminense e Internacional, ambos na Arena Castelão, com o punição envolvendo dinheiro e suspensão do lateral-esquerdo Bruno Melo. O julgamento ocorre nesta sexta-feira (20), em sessão a partir das […]

Nesta temporada, Bruno Melo participou de 16 jogos com a camisa tricolor. (Foto: Diário do Nordeste)

O Fortaleza é alvo de três denúncias por parte da Quarta Comissão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O julgamento envolve episódios nos jogos contra Fluminense e Internacional, ambos na Arena Castelão, com o punição envolvendo dinheiro e suspensão do lateral-esquerdo Bruno Melo. O julgamento ocorre nesta sexta-feira (20), em sessão a partir das 10 horas. Entenda as acusações:

    .Artigo 2013 inciso I: Torcedor cuspir no juiz | De acordo com a súmula da partida, após o término do jogo com o Fluminense, “no momento em que a arbitragem se dirigia ao túnel de acesso ao vestiário, o árbitro Bráulio da Silva Machado e o assistente Bruno Boschilia foram atingidos por cusparadas na região do peito e braços, desferidas por um torcedor que se localizava na torcida da equipe do Fortaleza identificado pela polícia através do boletim de ocorrência”.
    .Artigo 206: Atraso no início do jogo devido abelhas | Contra o Internacional, o começo da partida foi retardado por “atraso de 19 minutos motivado por um enxame de abelhas localizado no mastro da bandeira de canto próximo aos assistente nº2”. A súmula diz ainda que a equipe de arbitragem conferiu o local antes do jogo e que, depois do ocorrido, o Corpo de Bombeiros foi acionado e tomou as medidas cabíveis.  
    .Artigo 250§1º inciso: Expulsão de Bruno Melo | No duelo com o Internacional, segundo a súmula, o lateral foi expulso com segundo cartão amarelo por “tentar fazer um gol com a mão na bola de maneira intencional”.

Desta forma, com a primeira denúncia, o Fortaleza pode ser punido com multa entre R$ 100 e R$ 100 mil por “deixar de tomar providências capazes de prevenir desordens em sua praça de desporto”. Já para o atraso, o objetivo do STJD é punir com R$ 1 mil para cada minuto de retardo, o que totaliza R$ 19 mil.

Já no caso de Bruno Melo, que recebeu vermelho e cumpriu a suspensão automática prevista, o lateral pode pegar gancho de três partidas. O motivo: impedir de alguma forma, em contrariedade às regras de disputa de jogo, uma oportunidade clara de gol.

O Fortaleza volta a campo contra o Palmeiras, domingo (22), às 16 horas, na Arena Castelão. Até então, os únicos desfalques para a partida, que marca a abertura do 2º turno, são os atacantes Felipe Pires, por cláusula contratual, e Wellington Paulista, suspenso. No último treino, realizado no CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú, o goleiro Felipe Alves foi baixa, mas não surge como dúvida para o duelo.

Diário do Nordeste

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade